HISTÓRICO DA RECICLAGEM DE ENTULHO

A construção civil é uma das atividades humanas mais antigas que se tem conhecimento. Dela sempre foram geradas grandes quantidades de resíduos minerais, ou seja, os subprodutos.

Os primeiros registros de reutilização de resíduos minerais da construção civil na produção de novas obras vieram do Império Romano. Mas, a primeira aplicação significativa de entulho reciclado foi registrada somente após o final da Segunda Guerra Mundial, na reconstrução das cidades européias.

Hoje, só na cidade de São Bernardo do Campo, estima-se que sejam geradas cerca de 600 toneladas de entulho diariamente.

No contexto atual, a gestão dos resíduos da construção civil é um desafio, e requer mudanças e transformações significativas no campo do comportamento, da informação e dos processos de geração e minimização de entulhos. Tanto é que o assunto virou lei.

A Resolução no 307, de 5 de julho de 2002, estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão de resíduos da construção civil.

Os geradores de resíduos de construção e demolição devem ter como objetivo prioritário a não geração de resíduos e, secundariamente, a redução, a reutilização e a reciclagem.

Essas mudanças só tem a contribuir com o planeta, já que reduzem a agressão ambiental e o comprometimento da qualidade de vida.